Pesquisas e Publicações

Como Gerenciar Melhor a Base de Fornecedores


Postado em 9 de fevereiro de 2017

Você conhece/aplica as definições, a seguir, na sua base de fornecedores?

Como um profissional de compras no mundo moderno, você deve estar constantemente examinando sua base de fornecedores em busca de melhorias. Essas melhorias podem variar de trabalhar em estreita colaboração com os seus atuais fornecedores para maximizar os lucros para ambas as partes ou simplesmente redirecionando negócios a partir de um fornecedor para outro. Vamos explorar quatro formas possíveis para um melhor gerenciamento da base de fornecedores, a saber:

1 – Colaboração por parte do Fornecedor     Ao questionarmos o fornecedor ele espontaneamente nos indica/sugere alterações no nosso escopo de   trabalho que poderá dar    resultados positivos para ambas as partes. Ex. Na contratação de ônibus para transporte de funcionários o escopo original determina que os ônibus tem de ser zero Km, o fornecedor sugere a utilização de ônibus, em perfeitas condições, mas com 2 a 3 anos de uso, com isso ele pode nos oferecer um custo de até 30% menor.

2 – Melhorias na capacidade do seu Fornecedor       Sua organização define um determinado Fornecedor como essencial para sua empresa, porém o mesmo tem deficiências operacionais que podem ser eliminadas caso sua empresa disponibilize profissionais seus, capazes de auxiliar a melhorar a capacidade de trabalho do seu fornecedor obtendo com essa ajuda economias para ambas as partes. Como exemplo de colaboração com fornecedores seria  “emprestar” um engenheiro da sua organização para ajudar o fornecedor a implementar técnicas de Lean Manufacturing.

3 – Gestão de Fornecedores      Gestão de fornecedores significa estabelecer métricas/indicadores sobre um  desempenho do fornecedor para a sua organização, devemos discuti-las e implementa-las, de forma que o fornecedor possa melhorar o seu desempenho, medido por essas métricas/indicadores, inclusive com remuneração ao fornecedor caso ele apresente melhorias acima das métricas/indicadores, previamente, estabelecidas.

4 – Redução da base de Fornecedores       Devemos na análise da base de fornecedores procurar reduzi-la com o intuito de concentramos nossas compras no menor número de fornecedores possíveis. Ex. Concentrando nossas compras com um menor número de fornecedores aumentaremos o volume de compras nesses fornecedores, procurando com isso, redução de custos por volumes maiores comprados, prazos de pagamento e etc.   Uma das ferramentas ideais para decidirmos qual a melhor forma para abordarmos determinados fornecedores é Strategic Sourcing podendo estar associada a outras formas de análise como: TCO (Total Cost of Ownership), SWOT, 5 Forças Competitivas de Porter, Cost Drivers e outras.